Desanimado e infeliz? Conheça a Roda da Vida

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
RODA DA VIDA é um instrumento utilizado no coaching profissional e serve para identificar quais áreas da nossa vida precisam de atenção que eu aprendi na Jornada da Desfudência, curso da Nathália Arcuri. Aqui, você vai aprender a fazer sua roda da vida e como mudar áreas negligenciadas da sua vida, para você mandar o desânimo embora e ser mais feliz.

RODA DA VIDA é um instrumento utilizado no coaching profissional e serve para identificar quais áreas da nossa vida precisam de atenção. Sim, eu sei que o nome é brega e parece algo fajuto. Aliás, eu mesma não acreditei no potencial do exercício até fazer ele pela SEGUNDA VEZ. 

A ferramenta, na verdade, é técnica e foi criada em 1960 pelo americano Paul J. Meyer, autor de livros sobre liderança. Como eu descobri isso? Fazendo o Curso da Jornada da Desfudência da Nathália Arcuri. 

A RODA DA VIDA original é dividida em quatro áreas, que são: pessoal, profissional, qualidade de vida e relacionamento. Dentro de cada área, temos três sub-áreas, como identifica a imagem abaixo. Ele é ideal para melhor nos conhecermos e identificarmos áreas que precisam de atenção. 

O autoconhecimento é primordial para alinharmos nossas metas aos nossos valores e, com a roda da vida, além de nos conhecermos melhor, identificamos áreas que necessitam de atenção. 

 

EXERCÍCIO – como fazer a sua roda da vida

Para fazer o exercício, imprima uma roda da vida (como a da imagem acima), pegue 4 canetas coloridas e uma xícara de chá. Sugiro fazer no papel e usar uma cor para cada área da vida, assim você vai poder identificar mais facilmente qual a área que você mais está negligenciando. Ah, o chá? pode tomar, faz bem para saúde, segundo minha mãe. 

Depois de impressa, faça uma autoavaliação, ou seja, dê a você uma nota (de 1 a 10) em cada categoria. Eu, particularmente, nunca dou nem 1 nem 10. 

O QUE CONSIDERAR EM CADA CATEGORIA

Abaixo, deixei uma breve descrição sobre o que você deve analisar em cada categoria para quantificar de modo mais assertivo. 

FAMÍLIA: Você dá atenção aos seus pais? Está em conflito com algum familiar?

RELACIONAMENTO AMOROSO: Seu relacionamento é agregador? Você está solteira por opção ou se denomina ‘encalhada’? Você sente que tem dedo podre? 

VIDA SOCIAL: Como estão suas amizades? 

CRIATIVIDADE/HOBBIES/DIVERSÃO: Você tira um tempo para fazer algo que você gosta, mas não relacionado ao seu trabalho? Tem momentos de lazer ou usa frequentemente a justificativa “estou sem dinheiro”? Você sente que sua diversão tem qualidade?

PLENITUDE/FELICIDADE: Você sente paz?

ESPIRITUALIDADE: Não necessariamente é sobre religião! Você dedica tempo para respirar e esvaziar a cabeça?

SAÚDE E DISPOSIÇÃO: Como está tua energia para as atividades do dia-a-dia? Há quanto tempo você não fica doente?

DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL: Você aprende algo novo todos os dias? Qual foi a última coisa que você aprendeu?

EQUILÍBRIO EMOCIONAL: Você é sensata ou se estressa facilmente?

REALIZAÇÃO E PROPÓSITO: Você faz aquilo que você ama no seu trabalho? Você gosta de trabalhar ou fica só esperando o seu salário cair na conta?

RECURSOS FINANCEIROS: O seu dinheiro trabalha para você ou você vive só para pagar boleto?

CONTRIBUIÇÃO SOCIAL: Você muda a vida das pessoas a sua volta?

Depois de colocar sua nota para cada área, observe o formato, quais as áreas mais desenvolvidas e as mais negligenciadas. 

RODA DA VIDA FINANCEIRA

No curso Jornada da Desfudência, a Nathália Arcuri fala da roda da vida financeira, porém eu não vou compartilhar aqui por ser algo fornecido apenas no curso (conteúdo pago), pois acho que é o mínimo de respeito que eu poderia ter com minha mentora. 

Mas por que ter uma roda especificamente para vida financeira? Pois a área financeira é reconhecidamente uma área de alavanca. Áreas de alavanca são necessariamente são aquelas de menor nota, mas sim aquelas que, ao serem ajustadas, melhoram a nossa vida como um todo, por exemplo, um aumento gera menos discussões e melhora o relacionamento amoroso (você sabia que falta de dinheiro gera mais brigas conjugais do que ciúmes?), mais dinheiro gera mais diversão e momentos de lazer, pode diminuir a ansiedade. Por essas consequências, que a área financeira é vista como uma área de alavanca. Então, foque na sua área de alavanca.

Assim, o próximo passo é escolher a sua área de alavanca, aquela que ao ser melhorada, gera melhora no todo. 

COMO TER UMA VIDA EXTRAORDINÁRIA

Agora é invenção minha!

Após identificada a área de alavanca, para mudar a sua vida, crie uma rotina extraordinária.

Pergunte-se: quais atividades simples e fáceis eu poderia fazer DIARIAMENTE que mudariam a minha área de alavanca? Faça uma lista. 

Disponibilizei aqui um planner semanal de tarefas desenvolvido por mim. A ideia é você preencher com a lista feita por você e colar atrás da porta do seu quarto. Quer ver o meu?

Importante: Cole esse planner na porta do seu quarto (ou em algum lugar visível). Assim, ao fechar a porta para dormir diariamente, você verá seu planner e será persuadido a fazer o exercício de check list. 

Por que a rotina extraordinária é eficaz? Você vai estipular ações minúsculas (e, portanto, fáceis)  que, ao serem feitas de modo constante (todo dia), geram benefícios a ponto de modificar a sua área de alavanca e, consequentemente, mudar a sua vida. Em resumo: é o atalho para uma mudança radical.

FAÇA UM CHECK LIST

Concluiu as tarefas? Pronto, você teve um dia de ROTINA EXTRAORDINÁRIA. O efeito inverso também é forte: terminar o dia sem ter feito nenhuma simples atividade para melhorar a sua vida mostra que a responsabilidade pelos maus resultados é somente sua.  Além disso, o exercício também é poderoso pela manhã, pois você abrirá a porta do seu quarto diariamente presente e consciente para as simples atividades responsáveis por melhorar a sua vida. 

POSTAGENS RELACIONADAS

JD4: Casal casado com os consignados

Olá, Meu nome é Talita Gress, fui aluna da 4ª Jornada da Desfudência, treinamento de finanças e mindseat da Nathalia Arcuri e resolvi aplicar os ensinamentos que aprendi no curso com pessoas que não haviam nunca nem ouvido falar de MePoupe!. Quando eu iniciei o curso, estipulei duas metas: ser

Leia mais »

Indo além das finanças.

Essa semana, o quarto módulo da Jornada da Desfudência foi iniciado. O conteúdo agora é renda variável: chegou a hora de investir na bolsa! Com o novo módulo, decidi ampliar e dividir com vocês algo que eu já vinha fazendo desde janeiro desse ano. Mas antes de contar sobre o

Leia mais »

Deixe seu comentário
sobre esse artigo

Gostaria de sugerir um tema
para a próxima postagem?

Gostaria de sugerir um tema para a próxima postagem?

© 2020 Viver de Renda | Por Talita Gress
Todos os direitos reservados.

© 2020 Viver de Renda | Por Talita Gress | Todos os direitos reservados.